Autocuidado: como se cuidar com mais afeto

Autocuidado: como se cuidar com mais afeto

por Herself
|
24/07/2020
|
, , ,

Autocuidado é uma das palavras que mais lemos por aí, né? 

Mas cuidar de si é muuuuito mais do que estar com a rotina de skincare em dia! A sua saúde – física e mental – é a protagonista do seu processo de autocuidado. E sabia que você pode cuidar de si de uma forma super assertiva se levar em conta seu ciclo menstrual (que é todo o período entre uma menstruação e outra)? Pois é! Mas pra isso, é preciso se conhecer bem – dar atenção ao seu seu ciclo, emoções, e por aí vai… Afinal, autocuidado e autoconhecimento caminham juntos <3

Já deu pra perceber que se tratar com mais afeto é dar um mergulho profundo, desafiador e intenso, né? Então vem com a gente que o assunto é longo, mas maravilhoso!

Desmistificando o autocuidado

Não é só aquela máscara que você faz no seu rosto, a massagem com creme ou o escalda-pés. Lógico que tudo isso ajuda muito a você se sentir melhor, mas não adianta estar com a máscara de argila em dia e o sono desregulado, né?

Cuidar de si e do seu corpo, se tratando com afeto, significa cuidar da sua alimentação, dormir bem e boas horas de sono, não ficar sob estresse, e por aí vai… A gente sabe que tudo isso pode acabar parecendo óbvio e muito básico, mas esse é um dos passos mais difíceis de dar. 

Ah! E sabia que sono desregulado, má alimentação e estresse afetam o seu ciclo menstrual, que pode ficar super desregulado com essas condições? Ou seja: menstruação não desceu (porque a ovulação atrasou ou ainda não aconteceu), sinal de que algo não tá indo tão bem com o seu corpo :/

Pode levar um tempo pra você conseguir regular todos esses pontos que falamos, mas de pouquinho em pouquinho você vai conseguindo levar novos hábitos pra sua rotina. E, claro, é super natural de vez em quando se sentir mais estressada ou não dormir tão bem, mas a exceção não pode virar regra, tá bem? <3

Pequenos rituais de afeto

Você costuma tirar um tempinho do seu dia ou semana pra se curtir? Ou pra fazer algo só pra si? O foco desses rituais precisam sempre ser o seu bem-estar: pense no que te faz bem <3

E aqui não tem receita de bolo! Não adianta seguir sempre uma rotina “perfeita” do autoafeto e não levar em conta como você está se sentindo no momento: você precisa adaptar, pensando sempre em se dar o cuidado que você precisa naquele momento (alô, autoconhecimento!). Ah! E pode se inspirar em rotinas que você vê por aí, mas o importante é que ela faça sentido pra você, combinado?

Um banho relaxante, um carinho no seu corpo com algum óleo ou hidratante, acender alguma vela ou incenso, preparar um chá ou alguma bebida que você gosta, pegar um livro pra ler, ouvir seu artista favorito, assistir a alguma série ou filme que você gosta… Tudo isso são ótimas maneiras de se tratar com mais afeto!

Pequenos rituais de autocuidado

Uma perspectiva mais carinhosa

Tentar ter um novo olhar pra algumas atividades que vão nos fazer bem no futuro também são ótimas formas de cuidar de si! Talvez cozinhar não pareça uma forma de cuidar de si, mas preparar uma comida super gostosa só pra você nada mais é do que você se tratar com afeto <3 Fazer faxina e organizar a casa talvez não pareçam uma forma de autocuidado, mas deixar seu espaço limpinho e organizado dão um super up no humor, já percebeu?

Lembrete importante: essa cultura da produtividade que estamos vivendo nos faz esquecer isso, mas fazer nada também é super necessário pra se manter bem! 

Bota esse corpo pra mexer!

Além disso, cuidar de si não precisa necessariamente ter um efeito imediato ou parecer uma ótima prática num primeiro momento. Pode ser algo que talvez você não veja o efeito imediatamente e precise se forçar a fazer no início, como exercício físico e meditação, que melhoram a nossa consciência corporal, além da nossa saúde física e mental! O importante é tentar levar pra rotina até virar um hábito e você sentir prazer em fazer 🙂

E, claro, buscar exercícios que você tenha mais afinidade e possa se divertir. Já conhece a Boate Class? Lá tem aulas de dança suuuper divertidas e sem cobranças: é pra se divertir e mexer o corpo, não pra acertar 100% dos passos! Também temos aulas de Yoga e meditações guiadas pela Laura Barcelos lá no nosso IGTV. Quem sabe você não começa experimentando hoje?

Ciclos menstruais e autocuidado

Autocuidado na menstruação 

Durante o período menstrual, o primeiro passo para cuidar de si é não ignorar o fato de que você está menstruada e tentar seguir o mesmo ritmo de produtividade. Se você se sentir bem e mais produtiva, pode aproveitar! Mas é super normal sentir alguns incômodos ou ficar um pouco mais introspectiva nesses dias, então lembre-se de respeitar seu ritmo e não se cobrar tanto, combinado?

Além disso, se tratar com ainda mais afeto e cuidado é super importante nesse período. E você pode fazer isso usando protetores menstruais confortáveis, como uma calcinha menstrual ou absorvente tecnológico Herself, preparando chás ou bebidas quentinhas que você gosta, fazendo carinho em si, usando bolsa de água quente em caso de cólicas… Tudo isso faz com que a sua experiência menstrual seja mais confortável!

Cólicas menstruais: 9 maneiras de diminuir a dor

Mas o assunto não para por aqui! Como já vimos nesse texto, as diferentes fases do ciclo influenciam em como estamos nos sentindo. Por isso, quando prestamos atenção nos sinais que o nosso corpo manda, conseguimos identificar essas diferentes fases e podemos colocar o autocuidado em prática <3 Lembra do que a gente falou sobre a relação do autoconhecimento e autocuidado? Sempre juntos!

O que vamos falar aqui embaixo não é regra, tá bem? São “padrões”, mas muitas mulheres podem se sentir de maneiras diferentes, então é importante que você perceba como se sente para que consiga aproveitar as potencialidades de cada fase do seu ciclo 🙂

Autocuidado na fase folicular

Essa é a fase em que iniciando um novo ciclo! Aqui podemos nos sentir mais agitadas, animadas e dispostas. Temos menos fome, mas muita energia pra fazer atividades físicas que exijam mais força (lembra que é super importante praticar exercícios físicos?). 

A fase folicular é pura energia! Por isso, talvez não faça muito sentido nesse momento você seguir uma rotina de autocuidado que explore seu lado mais introspectivo. 

Autocuidado na fase lútea

Nessa fase costumamos ficar menos ativas e comunicativas. Mas, seu lado mais analítico e criativo funcionam melhor aqui! Como não estamos com tanta energia, a dica é investir em exercícios mais leves, mas que mesmo assim liberam serotonina e podem dar uma ajudinha na nossa disposição e humor 🙂

Pode caprichar na introspecção nessa rotina de autocuidado, viu? E quem sabe olhar pro ciclo que passou e tomar nota de alguns aprendizados? Ver o que te fez bem e o que não fez, reorganizar o seu próximo mês…

Aqui também é importante olhar com carinho pra sua alimentação porque com ela conseguimos prevenir sintomas de TPM e cólicas. Procure evitar açúcar, cafeína e ultraprocessados em excesso, mas sem exageros nas restrições, combinado?

E aqui temos uma dica de receita super gostosa e nutritiva pra você se deliciar durante a sua fase lútea:


E aí, pronta pra se cuidar com muito afeto? <3 Aproveita e compartilha esse texto com quem você acha que precisa incorporar alguns hábitos de autocuidado na rotina 🙂

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Quer ver algum tema específico no blog? Conta mais!





Preencha os campos abaixo e receba nossas novidades

Entre com a gente nessa <3