5 contas para acompanhar no Instagram e se sentir bem no verão

5 contas para acompanhar no Instagram e se sentir bem no verão

por Herself
|
27/01/2020
|
, ,

A gente sabe que nem todo mundo consegue se sentir bem no verão. Afinal, quem aí nunca teve problema em se olhar no espelho ou em colocar um biquíni e sair em público?

E, infelizmente, no verão somos ainda mais bombardeadas de fotos mostrando corpos de pessoas que estão em um padrão estético inalcançável e que não representam quase ninguém. Assim, a autoaceitação acaba ficando ainda mais difícil para a maioria das pessoas.

Por isso, preparamos 5 dicas de @s no Instagram que nos incentivam a ter um olhar mais realista sobre os corpos <3 Seguindo mulheres que mostram seus corpos de forma mais positiva e páginas que nos incentivam a caminhar em direção da autoaceitação e ir contra as opressões, conseguimos ter uma nova visão sobre o verão, nós mesmas e, assim, nos sentir bem 🙂

E, antes de tudo, queremos reforçar: tudo bem se você não amar o seu corpo. O importante é conseguir se aceitar e não deixar de fazer o que você gosta porque está insatisfeita com ele! 

Vamos para as dicas? 🙂

1. Papo sobre autoestima

Criado pela Carla e Joana, o blog inicialmente falava sobre moda e beleza. Mais tarde, entenderam que poderiam seguir por outro caminho, não deixando de tratar sobre beleza, mas também trazendo temas como autoaceitação, maternidade, feminismo, e muito mais! Falam sobre a cobrança do corpo feminino e nos convidam a ter um olhar mais afetuoso para nós mesmas <3

2. Alexandrismos 

A Alexandra Gurgel tem um canal no Youtube e fala sobre body positive, amor-próprio, autoestima, saúde mental e outros assuntos. No final do ano passado, divulgou o Guia simples para usar um biquíni sem vergonha do corpo no Instagram, que viralizou junto com a hashtag #CorpoLivre. Muuuitas pessoas aderiram ao movimento, que incentiva a aceitação corporal e agora também tem conta no Instagram

3. Luana Carvalho

A Luana é modelo e ativista e usa as suas redes (Instagram e Twitter) para trazer muitos debates sobre gordoridade e negritude. Além disso, também é uma das idealizadoras do #CarnavalSemGordofobia e é gordo-ativista negra do Coletivo Gordoridade. Já tivemos o prazer de ter ela como nossa modelo e convidada da nossa roda de conversa sobre pluralidade na moda <3

Lembramos da importância da interseccionalidade – que é entender como a intersecção entre as opressões (nesse caso, ser mulher, negra e gorda) vai atuar de forma muito específica em cada indivíduo. 

4. Vulva Gallery 

E a aceitação do nosso corpo também tem a ver com ela: a nossa vulva. Não são poucas as pessoas que recorrem a cirurgias para alterar o formato da própria vulva, buscando alcançar um “padrão” inexistente. O projeto busca mostrar a diversidade das vulvas e, assim, fazer com que mais pessoas com vulvas se sintam representadas 🙂

 

 

5. Mulheres adultas têm pelos

Os pelos femininos são um grande tabu e isso piora ainda mais no verão, já que o nosso corpo fica mais à mostra. Por isso, o projeto fotográfico nos incentiva a naturalizar o tema, convidando mulheres que não se depilam a expor seus pelos e quem se depila, a ter outro olhar sobre o assunto. 

E aí, gostou das dicas? Que tal compartilhar com as suas amigas e incentivar um #CorpoLivreNoVerão e no ano inteiro? <3

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Quer ver algum tema específico no blog? Conta mais!





Entra com a gente nessa ;)

DIGITE SEU NOME E E-MAIL PARA FICAR POR DENTRO DE TUDO