Uma menstruação normal é uma menstruação única

Uma menstruação normal é uma menstruação única

Menstruação normal, será que isso existe? De antemão um spoiler: identificar a sua singularidade pode ser muito melhor do que isso!

Fica aqui pra entender sobre fluxos menstruais, protetores indicados, horas de uso e mais!

Menstruação normal: isso lá existe?

Antes de mais nada, por aqui preferimos usar expressões como “mais comum” ou “esperado” sem entrar em mérito do que é “bom” ou “ruim”. Somos pessoas diversas e cada corpo é um universo de possibilidades. Por isso, esqueça a ideia de ter um ciclo perfeito, ou uma “menstruação normal”; isso não existe! 🙂

Conforme escrevemos aqui, você pode entender melhor sobre o que é fluxo leve, moderado e intenso. No texto, apresentamos uma visão mais técnica e características para que você identifique seu fluxo.

Mas, resumidamente, a menstruação é composta por sangue menstrual e outros componentes como fluídos e pedacinhos de endométrio. Então, considera-se que podemos eliminar em torno de 120 ml a cada período.

Além disso, reforçamos que ciclo menstrual é o intervalo entre um período menstrual e outro, ok? A menstruação é uma das fases desse ciclo, que chamamos de “período menstrual”. 

Em média, um período menstrual saudável dura de 3 a 7 dias. Sempre contando a partir do dia em que o sangue menstrual desce com uma cor vermelho vivo. Primeiro, ela tende a chegar numa intensidade média ou forte. E, depois disso, vai diminuindo ao longo dos dias. Na maioria das vezes é assim. 

A única referência é si mesma

Imagine as cenas:

Júlia considera que seu fluxo é moderado. É que logo percebe um escape quando chega uma manchinha mais escura na sua calcinha. No dia seguinte, o fluxo vem com intensidade, marcando o início menstrual. Ela sempre usou protetores descartáveis, passando mais de 6 horas com eles. Nunca teve um grande histórico com vazamentos. Desde que começou a usar a calcinha menstrual, pode ficar de 8 a 10 horas com uma tranquilamente. 

Já a Camila faz anotações em aplicativos e acompanha quando vai menstruar. Quando se dá conta, já no primeiro dia, precisa trocar o absorvente a cada 3 horas. Desde que mudou para calcinha menstrual, faz em média 4 horas de uso. No quinto dia, já sente o fluxo diminuir e fica tranquilamente 7 horas usando a peça. Mas, em alguns meses, sente que o fluxo vem mais fraco e logo no quarto dia já usa absorventes tecnológicos e calcinhas em toda sua jornada de trabalho. É um fluxo mais intenso no começo, mas vai diminuindo e possibilita versatilidade de protetores nos últimos dias. 

Se você prestou atenção nos detalhes, percebeu que o único padrão que você pode tomar pra si são as características dos seus próprios ciclos. Ou seja, a cada ciclo, você pode observar seu sangramento, como também características emocionais e físicas que acompanham cada fase. Contudo, é esperado que alguma coisa mude de um mês para outro.

Fique tranquila, pois esse é um caminho para criar as suas próprias referências e construir mais autoconhecimento, e bem-estar. 

Protetor menstrual ideal 

Na hora de escolher seu protetor menstrual, você precisa levar em conta vários fatores, alguns deles são:

  • O seu momento de vida: afinal, a experiência de uma menina que recém começou a menstruar é diferente de uma mulher que está passando pela menopausa, por exemplo;
  • A sua rotina: você trabalha por muitas horas em pé? Ou talvez esteja fazendo trabalho remoto em casa, passando horas a fio sentada? Isso impacta na sua disponibilidade de trocar seu protetor, uma atividade essencial que quando negligenciada pode causar vazamentos;
  • Sua sensibilidade e adaptabilidade: Se você já notou alguma irritação na pele ao usar descartáveis ou ficou sentindo incômodo com protetor interno, isso indica a necessidade de testar outras opções;
  • Seu histórico menstrual: como fluxo menstrual intenso, histórico de vazamentos, uso de protetores noturnos durante o dia, etc. 

Horas de uso

1) Para os dias de fluxo leve…

Bom, se você passa mais dias do período menstrual com o fluxo fraquinho, pode usar o protetor da sua escolha por mais horas seguidas. No caso de uma Herself, indicamos as modelagens mais cavadas. 

Você não vai ter nada marcando na roupa, tem menos chance de suar se estiver fora de casa e vai ficar mais fresquinha. 

Protetor menstrual que é a sua cara: Conheça a Ceci, nossa calcinha cavada com duas tiras laterais que não apertam, numa modelagem super confortável. 

Veja também: a Clara, nossa cliente, usando a Ceci nos dias de fluxo leve para fazer pole dance!

Ah! Mas se você tem dias mais intensos, também temos dicas, viu? Como já dissemos, nossos fluxos não são fixos e todo período menstrual vai começar de forma mais forte até diminuir gradativamente. Para os pequenos escapes antes do primeiro dia de menstruação, teste um Absorvente Tecnológico Mini, super confortável e discreto. Outra peça coringa é a Teresa, que assim como a Ceci tem uma camada de absorção que atende fluxos intensos, mas também é mais cavada, estilosa e perfeita para o fim do período. 

2) Para os dias de fluxo moderado…

Já no caso de dias de fluxo moderado, você pode evitar vazamentos indo ao banheiro com mais frequência e sentindo a umidade na sua calcinha.

Indicamos que você teste o Absorvente Tecnológico Médio, que tem um tamanho mais convencional e absorve bem todo o sangue. Além disso, vai ser fácil trocá-lo fora de casa e inclusive combinar o uso com uma calcinha menstrual.

Nesse caso, todas as calcinhas Herself são indicadas, mas uma das preferidas da nossa rede para esses dias é a Dandara, que tem uma modelagem média, tipo tanga e proporciona muito bem-estar.

3) Para os dias de fluxo intenso…

Se, os dias de pouco fluxo nos deixam tranquilas, por outro lado, o fluxo intenso pode ser o terror de muitas de nós. 

Aliás, da mesma forma que explicamos sobre deixar pra trás a ideia da menstruação normal, você pode ler aqui como lidar com o fluxo intenso, identificando, inclusive, quando ele é um sinal de alerta para a saúde.

Na hora de lidar com as horas de uso, não tem jeito: você precisa trocar de protetor com mais frequência.

 

Uma dica valiosa se você estiver usando a Herself é observar a umidade nas laterais da sua calcinha. Ao sentar no vaso para fazer xixi, para além da umidade, vai perceber que as laterais estarão mais molhadas. É um sinal de que a sua Herself já está no limite, viu? Outra dica pode ser observar os padrões; na maioria dos ciclos, no primeiro dia de menstruação, você usa sua calcinha por no máximo 4 horas, por exemplo. Então você pode ficar atenta nessa média de uso. 

Em alguns casos, a combinação de protetores também pode ser interessante. Você pode usar um absorvente interno mais sustentável, como um coletor menstrual, junto com a Herself. Assim, você terá muitas mais horas de uso. 

Uma das peças campeãs para fluxo intenso é a Zuzu, modelo shortinho super confortável, preferida para uso noturno e esportes. E, nosso Absorvente Tecnológico Noturno, com modelagem super ampla que não “dança” na calcinha e vai te deixar mais segura ao ficar sentada.

Autoconhecimento

Ufa! São muitas opções, não é mesmo? No fim das contas, já deu pra perceber que a sua história menstrual não cabe numa caixinha. Portanto, uma menstruação normal é a uma menstruação singular. Você pode se identificar com um caso ou outro, mas nossos corpos são únicos, nossos ciclos mutáveis e se observar será uma tarefa de autocuidado constante

Por esse motivo, observar as horas de uso que funcionam com a sua Herself evitam incômodos e pode tornar sua rotina mais leve e confortável. 

E, definitivamente, perceber seus ciclos pode ser o início de um caminho com mais bem-estar e propriedade sobre si mesma. <3

Pronta pra seguir no seu caminho de autoconhecimento menstrual? Aproveita e conta aqui pra gente as suas percepções sobre seu fluxo e quais protetores deram mais certo pra você!

Bons ciclos!

Share this post

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.