O que é a Educação Menstrual e por que precisamos dela

O que é a Educação Menstrual e por que precisamos dela

por Victoria Castro
|
23/04/2019
|
, , , ,

Você já ouviu falar em Educação Menstrual? Vamos entender a importância dela?

Quantas mulheres você conhece que não sabiam o que estava acontecendo quando tiveram a sua primeira menstruação?

Que não sabiam se tinham se machucado, se estavam doentes ou até pensaram que tinham “se borrado nas calças” quando viram o borrão de sangue na calcinha pela primeira vez?

Talvez tenha acontecido com a sua avó, com a sua mãe e/ou até com você, suas amigas…

Por que pouco entendemos a menstruação?

O tabu da menstruação tem uma história longa.

Inclusive, na História, houve muitos derramamentos de sangue em lutas, revoluções e guerras, eventos tidos, em alguns casos, como gloriosos ou ao menos como partes importantes para explicar o desenvolvimento das civilizações.

Mas os sangramentos vaginais… Ah. Mesmo sendo inevitáveis em corpos capazes de gerar vida dentro de si, é o sangue que sai da vagina que é visto como sujo, agressivo, como algo digno de vergonha. Nunca como saúde, quem dirá como orgulho, né?

Esse tabu em relação à menstruação e outros sangramentos vaginais se estende por várias gerações, por todas as classes sociais e pela maioria dos lugares do mundo.

De fato, como podemos lidar bem com algo que compreendemos tão pouco?

Inegavelmente, tendemos a repetir o que ouvimos e aprendemos ao longo da nossa vida, desde a infância. Salvo os casos em que existam oportunidades de mudar certas concepções, é inevitável que tenhamos uma ideia inicial negativa da menstruação. Afinal, aprendemos ela como um processo negativo e nojento.

Leia também: Você tem nojo da sua menstruação? Te propomos estas 7 reflexões

O que é a Educação Menstrual

A Educação Menstrual é parte do reconhecimento de si e do próprio corpo, e o reconhecimento do outro.

É a compreensão do funcionamento do ciclo menstrual como um aspecto positivo, de saúde.

É a desmistificação dos sangramentos vaginais, desconectando-os da ideia de “sujeira”, “impureza” e “perda”.

É a orientação para lidar com a higiene e saúde menstrual de forma adequada, autônoma e segura.

Acreditamos que compreender como o próprio corpo funciona é um direito fundamental de toda pessoa.

Desmistificar a menstruação torna as meninas mais confiantes e responsáveis, e os meninos mais empáticos e futuramente envolvidos com questões de saúde e de planejamento familiar.

O conhecimento também possibilita a superação de mitos relacionados à menstruação e ao funcionamento do corpo de quem menstrua, facilitando a higiene menstrual e a autoestima como um todo.

Leia também a página do Herself Social: Por que devemos falar sobre menstruação?

O papel da Educação Menstrual

Nomear a menstruação, sem eufemismos (“naqueles dias” e afins), e falar sobre ela é o primeiro passo para naturalizá-la. O que não é nomeado é muito mais difícil de ser compreendido.

Além de carregar a palavra no nome, a Educação Menstrual que construímos aqui na Herself se propõe a diferentes papéis:

1) Romper o tabu: abrir espaços de conversa sobre a menstruação, livre de mitos e constrangimentos;

2) A compreensão da fisiologia da menstruação: permitir que as e os pré-adolescentes entendam por que a menstruação acontece, quando acontece e o que significa;

3) Ressaltar a importância da higiene menstrual: o acesso a protetores menstruais limpos e seguros e à privacidade para colocá-los/higienizá-los/trocá-los é uma questão de dignidade para as meninas e mulheres. A educação promove o conhecimento dos diferentes protetores e orienta sobre a higiene no período menstrual.

4) O reconhecimento da menstruação como um sinal de saúde: a menstruação é fisiológica e serve como “termômetro” da nossa saúde. Em vez de simplesmente colocá-la como “suja” e “desagradável”, trazemos os aspectos positivos do ciclo menstrual e da menstruação.

Dia da Higiene Menstrual

O dia 28 de maio é o dia mundial da higiene menstrual (Menstrual Hygiene Day).

Dia 28 por ser uma média simbólica da duração dos ciclos menstruais, e no mês 5 (maio) por ser a também a média simbólica da duração do período menstrual. A data foi estabelecida pela ONG alemã WASH United, com o objetivo de chamar atenção para a higiene menstrual e fomentar o conhecimento para vencer o tabu.

O tabu e a falta de acesso a saneamento e a produtos de higiene afetam milhares de adolescentes em todo o mundo, fazendo com que corram riscos de saúde, parem de ir à escola e tenham suas possibilidades de desenvolvimento limitadas.

A Herself, acreditando na educação como ferramenta para lidarmos melhor com a menstruação, abraça essa data aqui no Brasil, com pioneirismo, agora em 2019. Nossa temática neste mês de maio será a Higiene Menstrual, e teremos várias ações nesse sentido – fiquem ligadas nas nossas redes!

Nenhuma deve ficar para trás.

Quer nos ajudar? Preenche o nosso formulário de Mapeamento Menstrual no Brasil <3

Leia também: Como abrimos diálogo sobre menstruação produzindo bioabsorventes

Como conversar sobre primeira menstruação com as meninas

Os “perrengues” da primeira menstruação

Avalie este post
Comentários

Deixe uma resposta

Posts Relacionados

Quer ver algum tema específico no blog? Conta mais!





Entra com a gente nessa ;)

DIGITE SEU NOME E E-MAIL PARA FICAR POR DENTRO DE TUDO