As 4 dúvidas mais frequentes sobre calcinhas menstruais

As 4 dúvidas mais frequentes sobre calcinhas menstruais

por Victoria Castro
|
20/11/2018
|
, ,

Você já se perguntou como uma calcinha absorvente funciona? Qual a tecnologia que permite que ela absorva o fluxo menstrual e te mantenha seca, sem odores e sem vazamentos por várias horas?

E mais: quais os benefícios dela em relação aos descartáveis – inclusive na questão de higiene?

Ou então não está entendendo bulhufas do que estamos falando e do quê exatamente seria uma calcinha menstrual absorvente?

ÓTIMO! Fica aqui que vamos te explicar!

1) O que são as calcinhas menstruais

As calcinhas menstruais são calcinhas normais com um diferencial maravilhoso: elas absorvem o fluxo menstrual. Isso mesmo! Enquanto utiliza a calcinha, você pode dispensar o uso de absorventes descartáveis ou de pano e do coletor menstrual.

Elas são reutilizáveis, então depois de usar, você lava, seca e usa de novo, assim como qualquer outra calcinha.

Você pode usar a mesma calcinha por até 12 horas – o tempo exato depende da intensidade do seu fluxo no dia do período menstrual em que está utilizando a calcinha. Depois, é só lavar BEM em água morna ou fria e deixar secar. E pronta pra próxima!

Dá uma olhada nesse vídeo de 1 minutinho que mostra como ela funciona:

2) Como a calcinha absorvente faz isso?

Nem bruxaria, nem mágica: tecnologia!

A calcinha menstrual possui 3 camadas fininhas de tecidos tecnológicos, cada um com uma função.

O tecido em contato com a vulva é 100% algodão, o intermediário é ultra absorvente e o mais externo é impermeável.

Todos eles são bem poderosos, então a calcinha fica mais fininha que um absorvente externo padrão.

Partiu entender como cada uma das camadas funciona? SIMMMMMM!

Camada interna

A camada em contato com a vulva é a primeira pela qual o fluxo passa. Ela é 100% algodão, o tecido indicado por ginecologistas, por ser natural, “respirável” e ter menos possibilidade de causar alergias.

Além disso, o algodão garante um toque seco, reforçado pelo tratamento hidrorepelente (ou seja, que não gosta de umidade).

Assim, a sensação de “molhada” ocorre enquanto a menstruação sai pela vagina e chega ao tecido, mas passa assim que o fluxo é absorvido pela primeira camada.

Com a pressão do nosso corpo, a menstruação é absorvida por essa camada e passa direto para a próxima, onde ficará retida.

Camada intermediária

Essa camada é dublada, ou seja, cada lado tem uma função diferente.

A de cima é de um tecido ultra absorvente, que adooora umidade e puxa todo fluxo pra si! E o melhor: sem inchar tanto como os absorventes descartáveis.

Já a de baixo é de um tecido com propriedades mais hidrorepelentes, para evitar vazamentos.

A camada dupla recebe um tratamento antimicrobiano, que controla a proliferação de fungos e bactérias, o que por consequência controla possíveis odores desagradáveis.

Ou seja: sabe aquele cheiro ruinzão de absorvente descartável depois de usado (leia-se: mistura de perfume + componentes químicos + sangue + suor)? Esqueça!

Inclusive, as calcinhas menstruais da Herself também têm a opção de camada extra para fluxos mais intensos! Nestas, é acrescentada uma manta na camada intermediária, também absorvente e com propriedades antimicrobianas.

Camada externa

A camada de fora é de elastano (LYCRA®) também hidrorepelente, para fazer a dupla proteção contra vazamentos. Além disso, a calcinha se torna mais duradoura, resistente e bonita esteticamente. E mais: também biodegradável. Aí sim, hein?

3) É higiênica?

Sim! Respeitando o tempo máximo de uso (12 horas) e lavando corretamente (tirando todo o fluxo absorvido), a calcinha é super higiênica.

Além de ser respirável e portanto abafar muito menos do que os absorventes externos descartáveis, a calcinha possui o tratamento antimicrobiano, que faz toda a diferença.

O segredo do antimicrobiano são as nanopartículas de prata. Quando falamos em nano, estamos falando de algo muuuuito pequeno, cerca de 100 vezes menor do que a espessura de um fio de cabelo.

A prata em si já tem propriedades antimicrobianas; inclusive, os talheres de prata eram populares antigamente justamente por isso! Ela atinge o funcionamento das enzimas dos micro organismos, o que faz com que eles não queiram se proliferar no lugar onde a prata esteja presente.

As nanopartículas são bem pequenas e, por isso, não oferecem risco à saúde humana e ao meio ambiente – super importante considerar isso, né?

A ação das nanopartículas de prata é consistente e garantida durante toda a vida útil da calcinha, de no mínimo 48 lavagens.

4) Calcinha menstrual X Absorventes

A decisão de qual é melhor pra você é totalmente individual, a partir das suas necessidades e da sua rotina. Mas se sua preocupação é segurança para a saúde íntima, pode ficar tranquila!

Ao contrário dos absorventes descartáveis, a calcinha não possui perfumes e produtos químicos alergênicos, o que ajuda a microbiota vaginal a se manter equilibrada.

Porém, reforçamos a importância de tomar cuidado com a higiene e respeitar o tempo máximo de troca (12 horas), evitando ficar um tempo muito prolongado com uma calcinha. PRINCIPALMENTE se estiver usando calças muito justas que aumentem o abafamento e o calor na região, viu?


Veja qual modelo de calcinha absorvente escolher

 

Avalie este post
Comentários

Deixe uma resposta

Posts Relacionados

Quer ver algum tema específico no blog? Conta mais!





Entra com a gente nessa ;)

DIGITE SEU NOME E E-MAIL PARA FICAR POR DENTRO DE TUDO