FRETE GRÁTIS PARA SÃO PAULO SEM VALOR MÍNIMO

PRIMEIRAHERSELF 10% OFF NA PRIMEIRA COMPRA

ENTREGAS NO RS: PRAZOS ALTERADOS, CONSULTE OPÇÕES NO WHATSAPP

Seu carrinho

Seu carrinho está vazio

Pode usar pomada para candidíase menstruada? Saiba como

Pode usar pomada para candidíase menstruada? Saiba como

Coceira e ardência na vulva e o temido corrimento esbranquiçado e grumoso, você sabe o que é candidíase vaginal

Uma infecção considerada muito comum, que afeta mais de 2 milhões de mulheres no Brasil por ano, segundo dados do Hospital Israelita Albert Einstein.

Nessa conversa, além de contar o que é a candidíase e quais são seus tratamentos, vamos mostrar como ela se relaciona à menstruação. 

Candidíase: saiba o que é e seus sintomas

A candidíase é causada pela proliferação em desequilíbrio do fungo Candida que, por sua vez, é parte natural da flora vaginal. 

Os fatores mais comuns que levam à infecção estão ligados ao enfraquecimento do sistema imunológico e a alterações hormonais. A falta de cuidado com o calor e umidade na região da vulva também está ligada a essa mudança na flora vaginal. 

Corrimento vaginal branco e grumoso e coceiras intensas são os sintomas mais comuns, que também podem ser acompanhados de inchaço e vermelhidão na vulva, sensação de ardor e desconforto ao urinar. 

Você sabia? Apesar de não ser tão comum, a candidíase também pode acontecer em outras partes do corpo, como na pele, na boca ou nos intestinos.

Quanto tempo dura a candidíase feminina?

O tempo que a candidíase pode durar depende do nível da infecção e do tipo de tratamento escolhido. 

É pouco provável que os sintomas desapareçam sozinhos, por isso, é importante considerar apoio médico para evitar maiores desconfortos. 

Entre os diferentes tipos de acompanhamento, podemos estimar que a duração, após o início do uso da medicação, pode durar de 1 a 14 dias. 

Candidíase é transmissível?

De acordo com o Ministério da Saúde, a candidíase pode ser transmitida através de relações sexuais, mas não é considerada uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST).

Isso porque, como já comentamos, o fungo Candida já é parte natural da flora vaginal (e também está presente em homens, na região genital). 

A infecção ainda pode ser transmitida de mãe para filho em casos de parto normal. Transmissões através de compartilhamento de objetos contaminados só acontecem em outros tipos de candidíase, em partes do corpo como a pele. 

Quais os principais tratamentos para candidíase?

O tratamento para a candidíase é realizado através de medicamentos antifúngicos. A forma como eles serão receitados depende da avaliação médica dos sintomas e da recorrência da infecção. 

Dessa forma, encontramos disponíveis no mercado desde comprimidos e pomadas, até óvulos vaginais.

Os cuidados ainda podem ser acompanhados de outras indicações mais naturais, focadas na melhora da imunidade e no alívio rápido de sintomas. 

Sabonetes com ph adequado e pouco agressivos para amenizar coceiras e irritações. Vitaminas, probióticos e dietas equilibradas para suprir desequilíbrios.  

Pode usar pomada para candidíase menstruada?

Sim, você pode usar! Estar menstruada não é impedimento para usar uma pomada vaginal, nem vai atrapalhar o seu tratamento. 

É muito importante que os cuidados com a candidíase, uma vez iniciados, não sejam interrompidos

Se você não se sente confortável com o uso da pomada durante a menstruação, é importante conversar com o seu médico. 

Essa informação pode ser útil se você souber que a menstruação irá começar ou se já está menstruada no momento da consulta. 

Nessas situações, é provável que seja indicada uma medicação para tratamento via oral. 

2 produtos que ajudam a tratar candidíase durante a menstruação

Com a vulva mais sensível e irritada devido à infecção, é legal pensar em produtos menstruais que sejam respiráveis e delicados. 

A primeira dica, que pode te ajudar inclusive nos momentos de aplicação da pomada vaginal, é a Toalha Absorvente da Herself

Com tecnologia antimicrobiana e dupla camada de absorção, ela é leve e prática de usar e lavar. Pode ser usada em qualquer superfície onde você for sentar ou deitar. 

A segunda dica são as Calcinhas Absorventes. Com a união de tecidos tecnológicos, elas proporcionam toque seco, ação ultra absorvente e antimicrobiana. 

Essa combinação faz com que elas absorvam a menstruação e evitem odores e proliferação de fungos e bactérias.

Tenho candidíase todo mês antes da menstruação. É normal?

Não é normal ter candidíase repetidamente e, principalmente nesses casos, é importante buscar ajuda médica. 

A fase lútea, que acontece desde o dia da ovulação até um dia antes da chegada da menstruação, pode facilitar o aparecimento da candidíase em pessoas que já estão com algum tipo de tendência. 

Isso acontece devido ao aumento da acidez vaginal, natural desse período. Já a menstruação pode ajudar no alívio da infecção, já que o sangue auxilia na diminuição da acidez. 

E a candidíase pode atrasar a menstruação?

Como já comentamos, existem relações entre a candidíase e a menstruação, mas não ligadas a atrasos! 

Um lembrete importante é que a menstruação, em si, não atrasa. Ela é sempre pontual e acontece ao 14º dia após a ovulação. Já a ovulação pode variar, e é a responsável por ciclos maiores ou menores. 

A candidíase não altera a ovulação, mas deve ser tratada para evitar quadros graves. 

banner-podeusarpomadaparacandidíase

Post anterior
Próximo post

Deixar comentário

Observe que os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados