Período fértil: TODAS as suas dúvidas respondidas

Período fértil: TODAS as suas dúvidas respondidas

Período fértil: você sabe quando é o seu? Essa é a janela de tempo em que uma mulher pode engravidar. 

Basta pesquisar informações para, logo de cara, ser bombardeada por dicas de como calculá-lo. Quem dera fosse fácil assim. Infelizmente, esse é um processo do ciclo menstrual rodeado de desconhecimento e mitos.

Hoje vamos te contar TUDO que você precisa saber a respeito do tema. Descubra como perceber sinais de fertilidade e por que os aplicativos de ciclo menstrual podem não ser eficazes para você.

O que é período fértil?

Simplificando, é o período em que uma relação sexual desprotegida entre pênis e vagina pode levar a uma gravidez. 

Essa é uma janela que se inicia no processo de ovulação e pode durar um pouco depois da saída do óvulo. Caracteriza-se, especificamente, na fase em que há óvulos disponíveis e muco cervical para conduzir os espermatozoides para a fecundação. 

Nesse sentido, o período fértil compreende todos os dias em que os espermatozoides podem se manter vivos dentro do aparelho sexual e reprodutivo feminino. Isso é até 5 dias embebido no muco fértil mais o período em que o óvulo fica disponível, cerca de 24h.

Período fértil é antes ou depois da menstruação?

Se estamos falando da observação do ciclo menstrual atual, o período fértil é sempre depois. Já se pensarmos no processo do reprodutor sexual feminino, é possível considerar que é antes. Isso porque o processo é cíclico e repete-se continuamente. 

Vamos recapitular sobre o funcionamento do ciclo menstrual? Começamos a contar o primeiro dia de ciclo com a chegada da menstruação, na fase folicular. Após a ovulação temos a fase lútea

período fértil
Funcionamento do ciclo menstrual. A data da ovulação é sugestiva, pois ela não ocorre necessariamente no 14º dia de ciclo.

O período fértil acompanha o processo de ovulação, sendo sempre marcado pela presença de muco cervical fértil e a disponibilidade de óvulos para a reprodução. 

Se não houver fecundação do óvulo, as paredes internas do útero se descamam, gerando a menstruação (e um o início de um novo ciclo).

Período fértil sintomas

Nosso corpo indica quando está fértil por meio da temperatura basal corporal, muco cervical e abertura do colo do útero. Aliás, é apenas a partir desses indicadores que podemos ter certeza que estamos no período fértil.

período fértil
Diferentes aspectos do muco cervical, que vai variando ao longo do ciclo. Não há uma regra para todas as pessoas. Você deve descobrir seus padrões de muco infértil e muco fértil. Importante: se você não usa métodos de percepção da fertilidade, considere todo muco como fértil. Reprodução: Blog “A baby on the way”

Existem outros sintomas comuns à fertilidade, porém eles variam para cada mulher. São eles: dor e sangramento da ovulação, sensibilidade nas mamas, inchaço na vulva, entre outros.

Mas atenção: esses sintomas são secundários. Nós os chamamos de sugestivos porque não há como ter certeza se de fato indicam o período fértil.

O ideal é que você, depois de apropriada sobre o funcionamento do seu corpo, escolha um método seguro de contracepção ou de observação do seu ciclo. A partir daí, pode notar padrões e sintomas específicos do seus períodos férteis, ok?

Quantos dias dura o período fértil?

Estima-se que o período fértil dure até 7 dias. 

Isso considera o momento que nosso corpo produz muco cervical fértil (capaz de manter qualquer espermatozoide vivíssimo à espera do óvulo) e durante a liberação e disponibilidade do óvulo. Tudo isso pode durar 1 semana. 

O que pode interferir no período fértil?

Nosso estilo de vida influencia diretamente em todo ciclo menstrual. Como sempre falamos, ovular é um processo super “caro” biologicamente e portanto, quanto mais nutridas e saudáveis estivermos, melhor para o funcionamento do corpo.

Nesse sentido, manter uma alimentação balanceada, diversa e sem muitas restrições, por exemplo, é essencial para quem busca engravidar. Da mesma forma, evitar o sedentarismo e maneirar no consumo de álcool.

Outros fatores podem interferir na janela fértil como saúde mental, estresse, até condições relacionadas a desequilíbrios hormonais. 

Como saber se estou no período fértil?

Para ter certeza que está no período fértil é necessário utilizar métodos de percepção da fertilidade. Simplificando, são métodos comportamentais (de concepção ou contracepção) que podem se basear na temperatura basal do corpo, no muco cervical, ou nos dois

Mas atenção: eles não se tratam de observações isoladas. São métodos porque exigem regras comportamentais a serem seguidas. Para adotar um desses métodos:

  • É preciso ter domínio sobre o funcionamento do ciclo menstrual;
  • É preciso NÃO estar usando métodos contraceptivos hormonais;
  • É possível e indicado combiná-los com métodos não hormonais de barreira, como camisinha;
  • É, inclusive, recomendado combiná-los com camisinha pois eles NÃO protegem de ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis);
  • É necessário estudar a fundo sobre cada método, com compromisso e responsabilidade.

Além disso, se engana quem pensa que esses métodos são realizados apenas para evitar bebês. Na verdade, praticar a percepção da fertilidade também é uma ferramenta para monitorar a saúde.  Afinal, o ciclo menstrual já foi reconhecido como um dos 5º sinais vitais. Incrível, né?

E quais são esses métodos? Alguns dos mais famosos são o Método Sintotermal, Método de Ovulação Billings e Método Justisse de Classificação de Muco. Que tal começar por eles? Saiba mais sobre eles aqui

Como calcular período fértil?

Primeiro, precisamos diferenciar Tabelinha X Métodos de Percepção da Fertilidade X Aplicativos para o ciclo menstrual. Afinal, não são a mesma coisa!

Como dissemos acima, os métodos de percepção da fertilidade se baseiam em evidências do corpo (temperatura basal corporal) e/ou muco cervical para identificar a janela fértil e a ovulação. 

A Tabelinha é um método antiquíssimo que funciona a partir do registro de ciclos anteriores junto a um cálculo da média dos ciclos para tentar identificar a próxima ovulação. O problema é que dificilmente é seguido à risca (uso perfeito) e não é eficaz em ciclos mais longos.

Qual aplicativo para o ciclo menstrual usar?

E os aplicativos para ciclo menstrual, onde ficam nisso tudo? Infelizmente, a maioria dos apps hoje se baseiam, unicamente, numa PREVISÃO do seu ciclo menstrual. Basicamente, ele conta o primeiro dia da menstruação como dia “1” e considera a ovulação 14 dias depois. 

No entanto, já sabemos que isso significa pouca coisa. A ovulação não tem data para acontecer. Seu corpo não funciona como uma regra dos livros de biologia. 

Portanto, não há como prever com segurança quando seu período fértil começa ou termina e nem o dia da ovulação. A escolha de usá-los é só sua, mas nós não indicamos nenhum aplicativo desses para concepção ou contracepção, ok?

Como calcular período fértil em um ciclo irregular?

Primeiro, o que você considera um ciclo regular? Muitas vezes nos prendemos a ideia de que ciclos regulares têm 28 ou 30 dias. Isso é um mito. 

Ciclos saudáveis têm cerca de 24 a 35 dias de duração e podem variar de um ciclo e outro para cada pessoa. Afinal, não somos máquinas. Cada corpo opera do próprio jeito. 

Já quando o assunto é regularidade, ciclos regulares podem variar até (pasme!) 20 dias de duração entre um ciclo e outro. Portanto, talvez você tenha o ciclo regular, só não se encaixou na regrinha do professor de biologia, tá?

E para ciclos não regulares, de fato, realizar métodos de calendário são praticamente impossíveis. No entanto, nos métodos de percepção de fertilidade, isso é pouco relevante. O que importa é sua temperatura basal e/ou muco cervical. 

Como evitar engravidar no período fértil?

Prevenir uma gestação com 100% de segurança só é possível evitando o contato entre pênis e vagina. Porque, sem exceção, todos os métodos contraceptivos podem falhar. 

Nesse sentido, durante o período fértil, é possível experimentar fazer sexo com segurança desde que não envolva uma penetração vaginal com pênis. 

Outros métodos são os de percepção da fertilidade, indicados acima. Com um uso adequado, ao longo do tempo, você saberá identificar sua janela fértil, evitando praticar sexo nesses dias. Ainda, é possível combinar métodos contraceptivos para ter mais proteção. 

Coito interrompido no período fértil pode engravidar?

O famoso – e polêmico – coito interrompido dá o que falar. E não é à toa: a maioria das pessoas faz o uso típico (comum) do método. Tudo no calor do momento, sem estudo e muita responsabilidade. 

Você pode sim engravidar fazendo coito interrompido no período fértil. Aliás, as chances são altíssimas. No entanto, fazer o uso perfeito desse método junto com a camisinha, por exemplo, pode ser super eficaz. 

Pílula do dia seguinte funciona no período fértil?

Segundo o Manual de Contracepção de Emergência Brasileiro, a pílula apresenta, em média, índice de efetividade entre 75% e 85%. 

Porém, depende da rapidez em que se toma o medicamento após a relação sexual desprotegida e de alguns cuidados como evitar tomá-la com frequência, já que pode perder seu efeito.

Ressaltamos que todo contraceptivo apresenta falhas. Então não há como ter certeza de que ela irá funcionar. Para se proteger de forma mais saudável e com segurança, é preferível usar contraceptivos hormonais regulares. 

Líquido lubrificante engravida no período fértil?

E afinal, o líquido pré-ejaculatório que sai do pênis pode engravidar? Sim, é possível. 

Embora alguns estudos sugiram que é raro e outros não expliquem com certeza o porquê isso acontece, alguns homens liberam espermatozoides no líquido pré-ejaculatório. Portanto, proteja-se sempre, porque qualquer penetração desprotegida pode causar uma gravidez

É possível engravidar fora do período fértil?

Não, não tem como. Afinal, o período fértil é o espaço de tempo do ciclo menstrual em que uma mulher pode engravidar. Embora muitas pessoas repitam por aí que o período fértil ocorre entre o 9º e 16º dia do ciclo, nosso corpo não segue um calendário. Simples assim.

Ou seja, infelizmente, não importa quão regular seja seu ciclo, não dá para prever o período fértil e a ovulação só contando os dias no calendário.

Leia também: Menstruação atrasada? Conheça alguns motivos além de gravidez 

Chances de engravidar fora do período fértil

Você certamente já ouviu alguma tia, amiga ou colega que “engravidou fora do período fértil”. O que deve ter acontecido foi essa mulher calcular, erroneamente, seus dias férteis numa tabelinha.  

Então, repetindo: você tem 0 chances de engravidar se o seu corpo não tem condições para isso. Ou seja: muco cervical fértil e óvulo disponível

período fértil

Como saber se engravidei no período fértil?

Se você desconfia que pode estar grávida, apenas um teste pode confirmar, ok? 

Infelizmente, métodos como os da percepção da fertilidade ainda não são conhecidos por tantas mulheres. Eles sim oferecem mais recursos para que você se aproprie do seu corpo e se conheça com profundidade, a ponto de ter alguns indícios de gravidez.

Inclusive, também são benéficos para quem quer engravidar, pois indicam os dias de pico fértil e faz com que você não “atire no escuro” durante todo o ciclo. 

E é sempre bom lembrar: todo sexo entre vulva/vagina e pênis pode engravidar. Mesmo com o uso de métodos contraceptivos

Sangramento no período fértil pode ser gravidez?

O sangramento característico do período fértil diz respeito ao sangramento de ovulação, que é considerado saudável e acontece com 

algumas pessoas. 

Em outras situações, pode indicar gravidez. Ocorre quando o óvulo fecundado se desloca na tuba uterina e “se gruda” no útero. Nesse caso, chamamos de sangramento de nidação. Mas saiba que não é tão comum acontecer, viu? 

É claro que, como sempre falamos, talvez você não saiba ao certo quando é seu período fértil. Ao optar por métodos de percepção da fertilidade, essas inseguranças em estar grávida são praticamente inexistentes. 

Para isso, é necessário mergulhar nos estudos a fundo e se comprometer com as regras e diretrizes do método escolhido. Você pode evitar ou planejar uma gravidez sem “neuras” e com mais confiança. 

Toda pessoa com ovários tem período fértil?

Não, nem toda pessoa com ovários tem período fértil.

Para ter período fértil, é necessário ter ciclos menstruais. Isso não ocorre para quem faz uso de contraceptivos hormonais (pílula anticoncepcional, anel, adesivo, injeção, etc.).

Outros casos que influenciam na fertilidade estão relacionados a condições de saúde hormonais como endometriose e Síndrome do Ovário Policísticos (SOP)

Quem toma anticoncepcional tem período fértil?

Não, quem utiliza métodos hormonais não tem período fértil. Seja pela inibição da ovulação ou pela mudança de espessura do muco cervical. Os principais métodos são a pílula via oral, injeção, anel vaginal, adesivo e implante. 

Mas aí você pode estar se perguntando “Ué, se quem usa anticoncepcional não tem período fértil, então como sei de pessoas que engravidam?” Como sempre falamos aqui, todo método, hormonal ou não, apresenta falhas.

Isso tem a ver com o uso típico ou ideal. Quando você esquece de tomar a pílula de uso oral, por exemplo, fica suscetível a liberação de um óvulo e da gravidez. Quando há um uso perfeito do método, as chances são menores. Métodos hormonais são altamente eficazes.

Confira também: Tipos de corrimento: conheça quais são e o que significam

Share this post

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.